Assistência à saúde baseada em valor

Em qualquer área do mercado, melhorar o entendimento no negócio e seu desempenho depende de objetivos compartilhados que unam interesses e atividades de todas as partes interessadas. 

No setor da saúde, no entanto, as partes interessadas têm uma infinidade de objetivos conflitantes que incluem acesso, lucratividade, qualidade técnica dos profissionais, qualidade da prestação do cuidado ofertado, contenção de custos, segurança, conveniência, centralização do paciente no cuidado e satisfação do paciente. A falta de clareza desses objetivos trouxe abordagens divergentes, jogos de interesses e lentidão ao progresso na melhoria do desempenho dessas organizações. Alcançar alto valor para os pacientes deve ser o objetivo principal, e sua definição, baseada nos resultados de saúde alcançados – considerando além do desfecho clínico, a pertinência do serviço prestado – em relação ao valor gasto.

Com o aumento crescente dos custos, restrições de serviços e diferenças na qualidade da assistência a saúde, há uma necessidade crescente de reforma para melhorar seu valor. Para muitos, valor ainda é definido como resultado relativo à custos. 

A assistência médica baseada em valores visa alcançar maior valor para os pacientes, garantindo a sustentabilidade do sistema por meio de uma prestação de cuidado eficiente e eficaz. Presume-se que tal objetivo seja alcançado pela utilização da medição dos resultados por condição clínica, e consequente identificação do potencial de melhoria em todo o ciclo de atendimento. Um valor mais alto para os pacientes, medindo os resultados, é um dos métodos possíveis para melhorar a qualidade da assistência em relação aos custos gastos.

O uso de registros clínicos é considerado crucial para medir sistematicamente os resultados clínicos, com o objetivo de obter melhor valor para os pacientes. Um registro clínico é definido como “um sistema organizado que usa métodos de estudo observacional para coletar dados uniformes (dados clínicos como estrutura, processo e medidas de resultado) para avaliar resultados especificados para uma população definida por uma doença ou condição clínica”.

A qualidade da assistência médica geralmente é avaliada usando-se estrutura, processo ou medidas de resultado. Este último fornece insights sobre os resultados de uma ou várias doenças, sobrevivência, status funcional e qualidade de vida.  O objetivo de medir resultados é diverso; orientar a tomada de decisão clínica, iniciar intervenções de melhoria, benchmarking, monitoramento, pesquisas científicas e prestação de contas. Medir os resultados e usá-los para identificar possíveis melhorias contribui para o objetivo de alcançar maior valor para os pacientes.

Utilizar um conjunto de medidas de resultados relevantes ao paciente permite comparações confiáveis e expõe a qualidade da tomada de decisão e dos processos operacionais.

Publicado em 20.03.2020

Reposicionamento do Profissional Médico para o Cuidado Baseado em Valor e nos princípios da Bioética
Os Desafios dos Profissionais de Saúde

Publicações similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu