Standardization of the blood culture collection protocol for adult patients undergoing antibiotic therapy in intensive care units

Padronização do protocolo de coleta de hemocultura para pacientes adultos submetidos a antibioticoterapia em unidades de terapia intensiva

Embora a prática assistencial utilize os exames para apoio ao diagnóstico na definição clínica, a indicação de exames é o primeiro passo para uma tomada de decisão assertiva. A hemocultura é considerada um método útil para o diagnóstico e direcionamento clínico de pacientes graves. As condições adequadas para a coleta do exame estão diretamente relacionadas ao adequado tratamento, pois podem viabilizar a clínica baseada neste método. A confluência dos especialistas beneficia a construção de um cuidado seguro, não envolvendo apenas o médico e sim uma equipe multidisciplinar. Há de se considerar que a indicação inadequada de exames como a hemocultura possuem impacto na sustentabilidade das instituições de saúde, interferindo na adequada alocação de recursos. Este estudo tem por objetivo proporcionar uma reflexão sobre a importância da hemocultura como ferramenta de apoio na tomada de decisão clínica através de uma abordagem multidisciplinar, considerando a adoção de boas práticas para a redução de indicações desnecessárias e otimização de recursos.

Autores: Mara Machado, Bruno Farras, Elizabeth Reis e Regina Cardia 

Congresso: ISQua 36th International Conference

Data: 20 a 23 de outubro de 2019

Publicações similares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu