Blog & Publicações

Manejo de Vias Aéreas e Atuação da Fisioterapia -Contexto da COVID-19

O SARS-CoV-2 é transmitido através de secreções respiratórias (tosse, espirros ou coriza) e podem estar presentes em superfícies a até 2 m de distância da pessoa infectada. O SARS-CoV-2 permanece viável por pelo menos 24 horas em superfícies duras e até 8 horas em superfícies macias. O atual quadro de pandemia tem gerado pressão aos profissionais de saúde, que aliado a estafa pelo excesso de trabalho e possibilidade de contaminação, tem o seu risco aumentado em situações como: procedimentos geradores de aerossóis (aspiração de vias aéreas superiores, inalação, entre outros). A equipe multidisciplinar deve realizar uma anamnese minuciosa para identificar…
CLIQUE AQUI E CONTINUE LENDO...

Questões éticas e morais na tomada de decisão das lideranças

Os padrões de liderança da Accreditation Canada Internacional & HSO atendem à crescente demanda internacional por clareza sobre os papéis e responsabilidades das organizações de saúde e de seus gestores em fornecer apoio e infraestrutura necessária, para a excelência e melhoria da qualidade na prestação de serviços de saúde. Os padrões direcionam as funções de liderança através de todos os níveis da organização, no lugar de posições individuais ou capacidades específicas. Eles elucidam os requisitos para a gestão operacional e desempenho eficaz. Esclarecem estruturas de decisão e infraestrutura necessária para impulsionar a excelência e melhoria da qualidade na prestação de…
CLIQUE AQUI E CONTINUE LENDO...

Resiliência da Governança

Os padrões e critérios de Governança atendem à crescente demanda internacional por uma função aprimorada da mesma, que promova uma maior responsabilidade nas tomadas de decisões em organizações prestadores de serviços em saúde. Entende-se por Governança o processo de controle do uso de ativos e recursos para a execução da missão ou do propósito da instituição. A Governança é o conjunto de processos, costumes, políticas e regulamentações que impactam na forma como uma instituição de assistência à saúde é dirigida, administrada ou controlada. A Accreditation Canada & Qmentum International reconhece cinco principais funções na governança: Desenvolvimento da missão, visão e…
CLIQUE AQUI E CONTINUE LENDO...

Processos de segurança e diretrizes para os Serviços de Diagnóstico por Imagem – Contexto da COVID-19

Qualidade e Segurança: Diretrizes para o Diagnóstico por Imagem Os serviços de apoio diagnóstico são fundamentais para atravessar a crise do novo coronavírus (SARS-CoV-2) com segurança e assertividade. Existem cuidados importantes que devem ser tomados para a segurança do serviço, colaboradores e pacientes nas unidades hospitalares e extra hospitalares. A Comissão de Prevenção e Controle de Infecção relacionada à Assistência à Saúde tem importante papel na orientação dos serviços terceiros quanto ao cumprimento das diretrizes estabelecidas na instituição. A falta de uniformidade nas informações entre as instituições prestadoras de serviço e as instituições hospitalares contribuem para a ocorrência de falhas…
CLIQUE AQUI E CONTINUE LENDO...

Precauções na doação e transfusão de hemocomponentes – Contexto da COVID-19

Precauções na doação e transfusão de hemocomponentes  – Contexto da COVID-19 (SARS-CoV-2) Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o risco de transmissão da COVID-19 por transfusão de sangue e seus hemocomponentes é apenas teórico, e provavelmente mínimo. Até hoje, não existe relato de vírus respiratório transmitido através do sangue ou de componentes sanguíneos. Qualquer ação tomada para mitigar os riscos será preventiva. O Brasil assumiu, através da Lei 10.205/2001, a autossuficiência baseada nas doações altruístas, a garantia da segurança transfusional e a operacionalização de serviços com infraestrutura adequada como objetivos e finalidades das ações e políticas de saúde voltadas…
CLIQUE AQUI E CONTINUE LENDO...

A importância do Raciocínio Clínico em tempos de Pandemia

PLANEJAMENTO E PROJETO DO ATENDIMENTO Em tempos de pandemia, o aumento súbito e crescente da demanda por atendimentos nas unidades de pronto atendimento, urgência e emergência pode comprometer a entrega mais preciosa de valor para o paciente e o sistema: a estrutura do raciocínio clínico. Mesmo diante desse cenário, a tomada de decisão clínica ainda precisam ser baseadas nos princípios bioéticos da beneficência, autonomia, justiça e equidade. Políticas públicas protecionistas da economia em detrimento da população podem estar levando os pacientes a chegarem tardiamente ao atendimento. É preciso definir critérios claros para a priorização dos atendimentos por perfil de risco.…
CLIQUE AQUI E CONTINUE LENDO...
Menu